Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Caminhoneiro

[INFOGRÁFICO] Afinal, como saber a capacidade de carga de caminhões?

capacidade de carga de caminhões

Descobrir a capacidade de carga de caminhões é uma tarefa básica e fundamental, porém, nem sempre é feita da maneira certa. Diferentes modelos de veículos têm uma estrutura específica que os capacitam a suportar um peso máximo. Respeitar isso é fundamental para preservar o caminhão e manter a segurança do condutor.

O caminhoneiro precisa estar sempre atento às leis direcionadas ao respeito desse limite. As infrações podem gerar multa, perda de pontos na carteira e, dependendo do caso, até mesmo a apreensão do veículo. Portanto, saber mais sobre a capacidade de carga evita uma série de questões que poderiam gerar transtornos.

Neste post você entenderá quais aspectos influenciam nessa capacidade, como descobrir esse limite e saberá mais sobre a importância dessa informação. Confira!

Entenda a importância de saber a capacidade de carga

A capacidade de carga de caminhões é uma determinação que garante a segurança do trânsito e do condutor em seu dia a dia. Ao carregar o veículo, é fundamental fazer a distribuição exata do peso entre os eixos, conforme a regra padrão para os diferentes tipos de caminhões. Isso garante uma viagem mais segura e dentro da lei.

Para os caminhoneiros, encarar horas de viagem é sempre cansativo, mas além disso, há também os perigos das estradas. A má conservação das estradas é uma dessas questões, ou seja, a sobrecarga pode se tornar mais um fator de risco. Essa distribuição adequada permite uma condução segura e sem impactos.

A capacidade é projetada por profissionais

Uma importante questão que deve ser considerada é que todo caminhão é projetado por profissionais capacitados, como os engenheiros mecânicos. Eles desenvolvem a estrutura do veículo pensando no seu uso específico, o que também inclui a questão do peso máximo no qual ele é capaz de conduzir.

Testes de alta capacidade são realizados e, a partir dos resultados, essa limitação é estipulada. Dessa maneira, fica mais fácil entender por que cada caminhão só está apto a transportar volumes específicos. Desrespeitar isso é colocar a carga, a vida do condutor e de outras pessoas em risco!

Saiba no que essa capacidade influencia

Os diferentes tipos de capacidade de carga de caminhões são definidos de acordo com a estrutura dos veículos. Há aqueles menores, voltados para o uso urbano, enquanto também existem os caminhões de grande porte, voltado para o transporte de volumes de extremo peso e extensão. O ideal sempre é respeitar essas limitações!

Cada caminhão, de acordo com a sua finalidade, tem uma capacidade máxima que limita seu uso. Portanto, de nada adianta se comprometer com uma carga na qual o veículo não tem a estrutura necessária para o transporte. Isso pode influenciar diretamente na conservação do caminhão, causando danos e prejuízos.

Veja como saber a capacidade de carga de caminhões

A capacidade de carga de caminhões é delimitada de acordo com cada modelo, considerando sua extensão, seu número de eixos e toda a sua estrutura. A seguir, conheça o limite de peso que cada modelo de veículo pode transportar!

Veículo Urbano de Carga (VUC ou 3/4)

Os menores, eles são totalmente voltados para o transporte em áreas urbanas, já que têm menor extensão e mais mobilidade na direção. Esse porte reduzido também impacta na sua capacidade de carga. Ele não ultrapassa 2,2 metros de largura e nem 6,3 metros de comprimento. Com isso, sua capacidade de carga é de 3 toneladas.

Toco (semipesado)

Com 2 eixos na carroceria, o Toco é um caminhão intermediário, que já é capacitado a pegar estradas e a carregar volumes mais pesados. Ele chega a até 14 metros de comprimento e geralmente é utilizado em mudanças, entregas de grandes lojas e cargas de materiais para construção. Seu limite é de 6 toneladas.

Guia completo para ter segurança das estradasPowered by Rock Convert

Truck (6×2)

O Truck tem uma estrutura bem parecida com o Toco, mas sua diferença está nos eixos da carroceria, pois tem um duplo. Isso dá uma estrutura mais resistente a esse caminhão, já que há a distribuição ideal do peso, fazendo com que ele chegue até o máximo de 14 toneladas de capacidade.

Carreta de 2 eixos com cavalo mecânico simples

Aqui começa a verdadeira carga pesada! O cavalo mecânico simples é composto pela cabine e pelo semirreboque, somando 2 eixos. A carreta também tem 2 eixos, compondo uma estrutura mais resistente e dando ao caminhão um comprimento de 18 metros. Tudo isso é capaz de transportar cargas de até 33 toneladas.

Carreta de 3 eixos com cavalo mecânico simples

A diferença desse modelo é o seu semirreboque, que tem 3 eixos. Isso torna ele bem mais robusto que o modelo de 2 eixos, com uma resistência que chega até 41,5 toneladas de sustentação. O comprimento segue o mesmo.

Bitrem

O bitrem é bastante característico, com nada menos do que 7 eixos, podendo chegar até mesmo a 9. O primeiro sustenta até 57 toneladas, enquanto o modelo de 9 eixos ganha um aumento de capacidade e bate o máximo de 74 toneladas. Ambos não podem ultrapassar os 30 metros de comprimento.

Rodotrem

O rodotrem é composto por 2 semirreboques que se sustentam em uma estrutura de 9 eixos. Esse é o maior tipo de caminhão da categoria, capaz de transportar até 74 toneladas. As restrições quanto a esse veículo são proporcionalmente maiores. Todo trajeto deve ser autorizado previamente.

Entenda como controlar essa capacidade

Tão importante quanto saber a capacidade de carga de caminhões é controlar de forma eficiente esse peso. Para isso, a distribuição é fundamental e deve ser feita com apoio em algumas técnicas eficientes. Assim, a condução do veículo é feita adequadamente, sem gerar riscos e muito menos gerar prejuízos.

A seguir, saiba como fazer essa distribuição!

Distribua o peso igualmente

É fundamental que a carga esteja igualmente distribuída entre os 2 eixos, para gerar a estabilidade necessária para a condução do caminhão. Deixar a parte de trás com pouco peso, por exemplo, pode trazer uma leveza que causa problemas.

Escolha a posição de acordo com o tipo de carga

A carga deve ser posicionada de modo que seja distribuída por todo o espaço, também preenchendo as laterais do caminhão. Negligenciar esse cuidado pode sobrecarregar um lado, dificultando a condução e até mesmo causando tombamentos em casos de curvas mais acentuadas.

Outro ponto importante é quando há 2 tipos de cargas diferentes, com uma sendo mais leve e a outra, pesada. O ideal é posicioná-las de modo que uma não danifique a outra, mas que também não haja espaços vazios. Assim, o atrito não gera nenhum tipo de risco de danos à carga e não interfere na condução do veículo.

A capacidade de carga de caminhões é um tema importante para todo motorista! Ele preserva o que carrega, o veículo e garante também a sua própria segurança.

transporte-de-cargas

Agora que você já sabe mais sobre cargas, veja quais são as melhores lonas para protegê-las!

E-book: Caminhoneiro - saiba o passo a passo para se tornar um microempreendedor individualPowered by Rock Convert