Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Criação de lambari em cativeiro: quais são as melhores práticas?

O lambari é um peixe bastante conhecido e, com certeza, esteve presente na vida de muitos pescadores. Entretanto, a pesca de lambari nunca foi valorizada e seu valor comercial está cada vez menor. Porém, atualmente, piscicultores têm investido em novas técnicas de criação de lambaris em cativeiro, dando início a uma nova forma de negócio.

Pesquisas realizadas na área da piscicultura identificaram um grande potencial lucrativo e reprodutivo na criação dos lambaris. Além disso, surgiram novas técnicas de manejo alimentar e reprodutivo, que potencializam ainda mais a produção do criador. Por isso, hoje em dia a criação de lambaris tornou-se algo bastante promissor e lucrativo.

Se você quer saber sobre criação de lambari em cativeiro ou busca mais aperfeiçoamento em sua prática, acompanhe este artigo e tire suas dúvidas.

Benefícios da criação em cativeiro

Os lambaris possuem algumas qualidades que fazem a criação em cativeiro ser um investimento bastante próspero.

Crescimento acelerado

Em quatro meses, o lambari consegue atingir à maturação sexual, onde o macho atinge nove centímetros e a fêmea consegue chegar até doze. Ou seja, possui o crescimento extremamente acelerado, se comparado a outros peixes, o que é uma característica indispensável se você busca uma criação em cativeiro.

Alimentação simples

O lambari é um peixe onívoro e, por isso, possui uma alimentação pode conter: vegetais, frutas, larvas de peixes, minhocas, grãos e algas. Porém, uma ração balanceada é de extrema importância em sua dieta e não deve ser deixada de lado.

Facilidade ao gerar filhotes

Graças a alguns avanços na área da piscicultura, a criação de lambaris em cativeiro se tornou algo realmente promissor. Agora, por exemplo, existe a prática da reprodução induzida: aplicam-se hormônios, que normalmente são de carpa, para estimular a desova dos lambaris. Dessa forma, o piscicultor consegue ter um maior controle sobre a produção.

Alto desempenho

Graças à tecnologia, o desempenho do lambari na fase de engorda é bem alto. Por isso, atualmente, é normal que este peixe consiga render mais que peixes que possuem o dobro do seu tamanho.

Como o ciclo de engorda dos lambaris tem duração de quatro meses, a expectativa é de três períodos de engorda por ano.

Investimento

Se você decidiu investir na área e achou o valor um pouco elevado, saiba que é normal. Isso, porque os lambaris estarão prontos para comercialização apenas em um período de um trimestre. Portanto, ao realizar os cálculos, é preciso considerar que só haverá possibilidade de lucro depois de passado este tempo.

Boas práticas para a criação de lambari em cativeiro

Apesar de possuir uma alimentação simples, se você deseja manter a qualidade da criação dos seus lambaris, é necessário seguir algumas práticas.

Escolha o melhor tipo de tanque

O lambari é bastante flexível em relação ao local que pode ser criado: tanque-rede, tanque elevado ou em um reservatório escavado.

É importante lembrar que antes de colocar os peixes no tanque, é essencial limpar todo o ambiente para eliminar a existência de ovos de outros peixes, caso já tenha sido usado o tanque para outras atividades. Para remover a matéria orgânica presente no fundo, recomenda-se que a área fique exposta a raios solares. Além disso, é crucial possuir equipamentos que renovem a água frequentemente.

Uma boa dica é adicionar algumas plantas aquáticas nos tanques, principalmente aguapés, pois são elas que alojarão as larvas e alevinos.

Controle o número de peixes no viveiro

Cada viveiro aceita um número de peixes diferente. No tanque escavado, por exemplo, o ideal é ter, no máximo, 50 peixes por metro quadrado. Por isso, é primordial analisar qual tipo de tanque você pretende ter e qual o tamanho, assim, vai ser possível calcular o número ideal de peixes em seu tanque.

Vale lembrar que a proporção ideal de lambaris por metro quadrado é de três machos para cada fêmea.

Monitore a temperatura e a oxigenação da água

Como a temperatura tem bastante influência no ciclo reprodutivo dos lambaris, é extremamente importante estar atento para que ela sempre fique entre 26 e 28 graus, para evitar problemas reprodutivos.

A oxigenação da água deve ser monitorada, todo dia, pela manhã e ao final da tarde. Se estiver abaixo de quatro miligramas por litro, o fornecimento de ração deve ser reduzido, pois pode gerar o excesso de excrementos deixados na água e, consequentemente, a queda do nível do oxigênio, o que provoca a proliferação de bactérias e parasitas.

Faça a despesca seletiva

Assim como outras espécies de peixe, os lambaris também não apresentam laços parentais. Portanto, é possível que os adultos tentem predar os filhotes. Por isso, a despesca seletiva é indispensável, onde, a cada semana do período reprodutivo, os lotes que atingiram o tamanho ideal são movidos para o processo de engorda.

Ofereça uma alimentação saudável

Como foi dito, apesar de serem onívoros e comerem de tudo, não se deve abrir mão de uma ração balanceada, com uma taxa de proteína que fique em torno de 40%. Deve ser oferecido o equivalente a 5% do peso de cada peixe pelo menos três vezes ao dia.

O ideal é nunca sobrar ração no viveiro, portanto, é necessário sempre oferecer ração abaixo da saciedade.

Procure parcerias

Nesse tipo de negócio, é fundamental estar sempre buscando por parcerias com clientes que revendam os lambaris, tanto para a fase de comercialização como para o próprio proprietário.

Normalmente, os lambaris são comercializados como iscas vivas ou em bandejas para restaurantes, lanchonetes e mercados.

Compre peixes e equipamentos em bons fornecedores

Sempre compre os lambaris e os equipamentos de seu viveiro em locais de confiança, a fim de assegurar a qualidade dos peixes e da sua futura mercadoria.

Apesar de estar se mostrando um negócio bastante promissor, o sucesso de uma criação de lambaris vai depender muito das práticas citadas no artigo. Portanto, se você quer que sua criação cresça de forma saudável, é crucial sempre estar alerta se essas práticas realmente estão sendo aplicadas.

E então, gostou deste artigo sobre criação de lambari em cativeiro? Se você se interessa por piscicultura e quer aprender cada vez mais, continue no nosso blog e confira também 4 acessórios essenciais para piscicultura!

*imagem meramente ilustrativa.

Powered by Rock Convert
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *