Carregando, por favor aguarde
Cadastre-se e receba novidades
Assunto

Peixes

Entenda o que é a piscicultura ornamental e como trabalhar com ela

Muitas pessoas vêm desenvolvendo a piscicultura ornamental como hobby. Afinal, é relaxante observar os peixes no aquário e, quanto mais belas e coloridas as espécies cultivadas, mais satisfatória é a experiência. No entanto, a criação desses animais também pode se tornar uma profissão.

Dos pequenos aquários em casa até chegar a tanques de pequeno porte e a criações maiores, é preciso estudar as espécies e aprender a lidar com cada uma delas para ter um cultivo bem-sucedido. No entanto, mesmo nos pequenos espaços, se pode começar uma carreira como criador no ramo da piscicultura ornamental.

Tem interesse em se aprofundar no assunto? Acompanhe nosso artigo para conhecer mais sobre esse ramo lucrativo da piscicultura!

Conheça a piscicultura ornamental

A piscicultura ornamental é um ramo da aquicultura que tem como principal objetivo criar peixes cuja função é de decorar ou, ainda, tornar mais belo o ambiente aquático no qual as espécies se encontram. Tecnicamente, o termo mais correto seria “piscicultura com foco em peixes ornamentais”.

Afinal, não é a piscicultura o ornamento ou o enfeite em questão, mas sim os próprios animais. No entanto, essa foi a denominação popularizada ao longo do tempo.

Entre as espécies mais cultivadas nesse ramo estão o acará-bandeira, o acará-disco, o oscar, a moreia, o peixe fogueira, os cavalos marinhos, entre outras formas de vida aquática.

Cuidados necessários

As espécies que fazem parte da piscicultura ornamental são bastante variadas, sendo cada uma delas um universo à parte. Todas as famílias de peixes estão representadas nesse segmento e cada espécie tem um manejo diferenciado.

De forma geral, deve-se ter cuidado com a genética desses animais. É importante que haja uma variedade considerável de peixes na criação para tentar manter as gerações que serão comercializadas futuramente sem distúrbios genéticos.

Se o produtor tiver poucos reprodutores ou problemas de consanguinidade — como por meio do cruzamento de uma geração entre filhas com os pais —, pode-se acidentalmente promover a ocorrência de homozigose (que é a presença de apenas uma forma do gene).

Quando chega nesse ponto, os peixes perdem as características originais, podendo apresentar, inclusive, problemas de formação. Isso pode ocasionar descarte de todo um lote, o que resulta em prejuízos para o criador.

Então, o principal cuidado a se ter na piscicultura ornamental é com a genética desses animais. Veja as principais dicas:

  • mantenha populações de reprodutores em quantidades razoáveis (não muito pequenas);
  • tome cuidado com a seleção de novos reprodutores;
  • esteja atento à qualidade da água para evitar parasitas e algumas doenças;
  • fique atento, ainda, à alimentação dos peixes.

Os peixes ornamentais pertencem a espécies variadas, por isso, todo o manejo deve ser diferenciado para cada família. Quando a espécie é carnívora, o processo se torna mais complicado e demanda mais atenção do criador.

Nesses casos, o produtor deve ficar em cima da produção o tempo todo. Afinal, os peixes que crescerem mais vão, inevitavelmente, buscar se alimentar dos irmãos. O comportamento varia bastante de espécie para espécie, mas as situações de canibalismo são as mais difíceis de lidar.

O que é preciso para começar a criação

Para iniciar a criação de peixes ornamentais, o piscicultor precisa de:

  • água, imprescindível para qualquer atividade que envolva organismos aquáticos;
  • espaço para conseguir manejar todo o processo, principalmente os reprodutores;
  • cuidado para não misturar as espécies, sob risco de perder as características genéticas de cada uma delas;
  • espaço para engordar os alevinos;
  • se for o caso, um laboratório para a incubação de ovos.

Dependendo da espécie, é necessário ter cuidado especial com os ovos. Diversas são vivíparas ou ovovivíparas, portanto, o peixe já nasce nadando. Porém, algumas delas precisam de cuidados especiais com os ovos para gerar alevinos e larvas com boa saúde.

Saiba como funcionam os tanques da Sansuy

Para a criação de peixes dentro da piscicultura ornamental, há tanques específicos que são mais indicados para cada caso. A Sansuy conta com produtos que podem ser usados nesse ramo da aquicultura. Um exemplo é a linha Vinitank da Sansuy. Além de resistente, o produto tem fácil transporte e é montado rapidamente.

Pode-se também trabalhar em tanques de alvenaria. Esses reservatórios podem ser revestidos com a Vinimanta da Sansuy, o que traz ainda mais segurança, praticidade e melhores resultados na piscicultura ornamental. Isso ocorre porque o produto evita a perda de água por infiltração.

O tanque rede é outra boa opção para a piscicultura ornamental. São tanques pequenos e, no caso da Sansuy, feitos de Sannet (material altamente resistente) e colocados dentro de um viveiro maior. Com esse modelo, também é possível ter o controle das proles sem misturar as espécies. O tanque rede Vinitanq da Sansuy é um dos produtos que o mercado oferece.

Os tanques são ideais para esse tipo de criação por outras razões, como o porte das espécies criadas na piscicultura ornamental. Em geral, trata-se de espécies de pequeno porte, que produzem uma quantidade de larva igualmente pequena. Portanto, tanques que não são muito grandes funcionam bem, já que o número de ovos e larvas gerado para cada desova é reduzido.

Diferenciais dos tanques da Sansuy

Quando o assunto é tanque para piscicultura, há uma variedade de produtos no mercado. No entanto, os itens fabricados pela Sansuy têm diferenciais que não se encontram em todas as marcas.

A praticidade de instalação e de limpeza é um deles. A Sansuy usa revestimentos de PVC, o que favorece a higiene dos tanques. Entre a saída de um lote e a entrada de outro, os tanques são facilmente higienizados pelos criadores para evitar a proliferação de vetores de doenças. Dessa forma, os animais ficam saudáveis e protegidos, o que gera resultados melhores.

Neste artigo, procuramos apresentar mais detalhadamente os principais pontos sobre a piscicultura ornamental. O tema encanta cada vez mais pessoas pela beleza das espécies, mas também pela oportunidade de lucrar com esse trabalho.

No entanto, é preciso ter conhecimento antes de mergulhar de cabeça nessa atividade, já que ela exige que se saiba lidar com praticamente todas as famílias de peixes. Com os tanques da Sansuy, é possível começar uma pequena produção e crescer de forma sustentável, pouco a pouco.

Caso tenha ficado interessado e queira saber mais sobre tanques para piscicultura ornamental, entre em contato conosco! Teremos o maior prazer em atender você.

Powered by Rock Convert
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *